quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Top de leituras de 2014

Este será o último post de hoje. Vou deixar a apresentação dos desafios literários para amanhã.

Não podia deixar acabar o ano, sem vos mostras as minhas 5 melhores e piores leituras de 2014. Não quero fazer um top maior, porque foi algo que eu já fiz num Top Ten há uns meses atrás e porque não me pareça que seja muito importante.

As minhas cinco piores leituras de 2014

A noiva despida de Nikki Gemmell
A Noiva Despida

A Pirata de Hugo Gerstl
A Pirata

O Passado que seremos de Inês Botelho
O Passado que Seremos

Sob o olhar do amor de Janine Boissard

A culpa é das estrelas de John Green
A Culpa é das Estrelas

As minhas cinco melhores leituras de 2014

A Filha do Capitão de José Rodrigues dos Santos
A Filha do Capitão

Sozinhos na ilha de Tracey Gravis Graves
Sozinhos na Ilha

O filho das sombras de Juliet Marillier
O Filho das Sombras (Trilogia de Sevenwaters, #2)

Amor em Lume Brando de Anna Casanovas
Amor em lume brando (Irmãos Martí, #2)

Amor à primeira vista de Catherine Anderson
Amor à Primeira Vista





As Leituras de 2014 em números



O ano está quase, quase a terminar e eu não queria iniciar o novo ano sem fazer um balanço da minha vida literária em 2014. 
Não foi um mau ano em termos de leituras! Houve meses que li mais, meses em que li menos, mas considero que foi um ano positivo. 

Números
No total foram lidos 66 livros (menos 9 que em 2013) e 7 contos. 

Número de Páginas: 21591 (segundo o Goodreads)
Livros de autores portugueses: 10 livros + 3 contos 
Leituras conjuntas: 4 leituras conjuntas
Maratonas: 15 (6 do goodreads + 9 Viagens (In)Esperadas)
Livro com mais páginas: Ana Karenina (Leão Tolstoi) com 720 páginas.
E-books: este foi o ano em que me dediquei aos ebooks e então li 5.
Livros em Inglês: 1 livro. Foi o primeiro livro que li e a experiência foi positiva, por isso, é algo que vou repetir.
Autor(a) mais lido(a): Por acaso foi autora e foi portuguesa. Nada mais nada menos que Carina Rosa com 2 contos e 3 livros (2 em processo de beta-reading).

Leituras Beta: Quem me conhece sabe que sou viciada nisto. Este foram "betados" 3 livros. Todos eles da Carina Rosa e 2 contos, também da Carina Rosa.
Neste momento, encontro com duas leituras beta em mão e que vão passar para 2015.

Desafios de 2014
Foram 7 os desafios que estabeleci. Mas nem todos foram terminados.

Ler 60 livros (Concluído)
Este desafio foi superado. 
No goodreads estão contabilizados 68 livros, porque já estão aqui alguns contos. (ver aqui)


Palavras de Portugal (Falhado) 
Criei este desafio, mas não o consegui cumprir na sua totalidade. 
Consegui ler os 10 livros, mas depois não cumpri com a outra parte de falar sobre as cidades todas a que me tinha proposto. (ver aqui)

Desafio 4 x 4 (Falhado)

Para este desafio estabeleci 4 categorias:
  • 4 livros da minha estante
  • 4 ebooks
  • 4 clássicos
  • 4 livros de psicologia
As duas primeiras categorias ficaram completas, aliás, até ultrapassei o número 4. Faltou-me um clássico e 3 livros de psicologia. (Ver aqui)

I Love Library Books - Reading Challenge 2014 (Concluído)
Este desafio consistia em ler livros da biblioteca. Havia vários níveis. Eu escolhi o nível Young Adult que corresponde a 24 livros. 
Consegui, superar e li 28 livros da biblioteca (ver aqui)










Novos autores (Concluído)
NAC.2014.250px

Este foi um desafio que reciclei do ano de 2013, mas aumentei a fasquia de novos autoras para 25. Este ano consegui ler 28 novos autores (ver aqui).








Diversidade Literária (Falhado)
Este desafio foi criado pela Catarina R. do blog Sonhar de olhos abertos. E correu muito mal para os meus lados. Ao fim de três meses comecei a ficar com pouco tempo para ler e descuidei-me neste desafio (ver aqui).

Círculo de Trocas

Neste desafio realizei 4 trocas. Interrompi o desafio porque ainda não li o último livro que toquei,. Foi um desafio criado pela Denise do blog Quando se abre um livro e incutiu em mim o gosto pelas trocas. Ainda estou a ponderar se recomece este desafio em 2015 (ver aqui)

Mealheiro Literário
Esta iniciativa foi proposta pelo Nuno do blogue Página a Página e, como já a vi em vários blogues, decidi também aderir. 

Posso dizer que foi muito positivo. 
Em 2014 comprei apenas 12 livros e que se traduziu num custo de 66,42 €. Foram livros em segunda mão ou que estavam em promoção, daí não ser um valor muito elevado.

Entre livros comprados e despesas nos CTT, em 2014 gastei apenas 85,56 €.
Entre livros que trouxe da biblioteca, que ganhei em passatempos, que resultaram de trocas e que me ofereceram, não gastei 927,37€.

Em 2014 tive uma poupança de 927,37€ em leituras. É um valor que assusta caso fosse o valor que gastei em livros.

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Top Ten Tuesday | Objectivos para 2015

Chegando ao fim do ano é altura de pensar naquele que aí e vem e naquilo que gostávamos de ver concretizado. Fui espreitar os meus objectivos para 2014 e constatei que muitos deles não foram cumpridos. Veremos se em 2015 as coisas se encaminham para um lugar diferente.

  1. Ler 30 livros - Sim, este ano baixei consideravelmente a fasquia. Comecei a fazer doutoramento e isso ocupa imenso tempo, para não falar que implica outro tipo de leituras. Posto isto, a literatura irá ficar um pouco adormecida.
  2. Conseguir cumprir todos os desafios - ainda não publiquei o meu balanço literário do ano, mas houve desafios que não consegui cumprir. Para o próximo ano irei propor-me a menos desafios (estou pensar em apenas 3) e ver se consigo dar conta de tudo. 
  3. Blioterapia - Denise, será desta? Eu queria muito que fosse!! (ver objectivos para 2014 aqui)
  4. Terminar um projecto iniciado com Marta - Em 2014 eu e a Marta do I only have desafiamo-nos uma à outra e embarcamos com uma ideia que não sei onde nos irá levar. 
  5. Apostar mais em autores portugueses - Sempre fui muito defensora dos escritores portugueses e sempre considerei que lia bastantes, porém em 2014 foi vergonhoso. Li menos autores portugueses durante este ano e quero mudar em 2015.
  6. Conseguir trabalho - este é um objectivo que já me acompanha há algum tempo... Tenho muita esperança neste ano que aí se aproxima.
  7. Não deixar "morrer" o blog - Sei que vou ter menos tempo para dedicar ao blog, mas não quero deixá-lo morrer. Com ele só tive coisas boas e quero que elas continuem.
  8. Fazer uma nova parceria com a Catarina - Não conheço a Catarina R. do blog Sonhar de olhos abertos pessoalmente, mas este ano adorei trabalhar com ela. Sinto-me em sintonia com ela e acho apesar de não partilharmos muitos gostos literários, conseguimos um nível de entendimento muito grande. 
  9. Conseguir todos os livros da Lesley Pearse que me faltam - Eu sou fã desta autora e só tenho 2 livros dela. Para o ano, a gastar dinheiro em livros, serão nos dela.
  10. Este último objectivo não peço para mim e sim para a escritora Carina Rosa. Só eu tenho assistido ao esforço que esta simpática rapariga tem feito com um certo projecto. Por isso, espero que em 2015 ela consiga o merecido reconhecimento por todo o esforço que tem feito.

domingo, 28 de dezembro de 2014

Opinião | Romeu e Julieta


Romeu e Julieta




Autor: William Shakespeare
Ano: 1594
Editora: Europa América
Número de páginas: 208 páginas
Classificação: 2 Estrelas
Sinopse: Aqui




Opinião
Este livro marca o início do meu projecto conjunto com a Denise intitulado Empréstimo Surpresa.

Vi o filme Romeu e Julieta há alguns anos atrás e desde aí que sempre tive curiosidade de ler o livro. Nunca tinha chegado a oportunidade de ler o livro, até este momento. 

A minha relação com peças de teatro não é fácil. Não sinto uma ligação muito grande com este género. São histórias onde tudo acontece muito rápido e eu nunca me consigo ligar verdadeiramente às histórias e às personagens. Tudo isto aconteceu com o livro Romeu e Julieta. Foi uma leitura muito mediana que não me arrebatou nem me cativou.

O amor arrebatador e único entre Julieta e Romeu que é apresentado no filme, no livro não produz o mesmo efeito. Penso que esta minha sensação se deve ao facto de, como já escrevi mais atrás, tudo aconteceu demasiado depressa.
Também não senti grande intensidade na rivalidade entre as duas famílias e isso ainda me tornou a leitura mais estranha. 

Apesar de todas estas minhas incompatibilidades com o género dramático, gostei da mensagem que é passada no final do livro e que faz todo o sentido tendo em conta o contexto dos acontecimentos.

Talvez um dia volte a reler este livro só para ver se ele me transmite sensações diferentes. Quando ao género dramático, espero que um dia me possa cruzar com um texto que me deixe verdadeiramente encantada.  

sábado, 27 de dezembro de 2014

TAG - Taylor Swift


Encontrei esta Tag no blog da Marta, I only have e como já não respondo a TAGs à muito tempo, achei que era uma boa TAG para fazer.

Não é que oiça muita música de Taylor Swift, porém achei uma TAG engraçada uma vez que liga músicas da cantora com categorias para elegermos livros.

1. We Are Never Ever Getting Back Together - Escolhe um livro ou série que tinhas a certeza de estar apaixonada, mas depois ficaste com vontade de terminar com a leitura.


A Culpa é das Estrelas

Desde há muito tempo que andava com vontade de me atirar a este livro, porém não tem sido uma leitura nada boa, tanto que já poderei desistir. Mas como me faltam poucas páginas vou acabar por terminar. 
Sei que este é um livro que encantou muita gente, contudo mão senti nenhum impacto emocional com esta leitura. Estou verdadeiramente desiludida. 


2. Red - Escolhe um livro com a capa vermelha.
O Domador de Paixões

Este é o 3º livro de uma série que comecei este ano e que gostei muito. Espero ler este livro já no próximo ano.


3. The Best Day - Escolhe um livro que te faz sentir nostálgica.

Histórias da Terra e do Mar

Este livro faz-me sentir nostálgica porque o associo a uma época feliz da minha vida onde tinha muita confiança e esperança no futuro.

4. Love Story - Escolhe um livro com um amor proibido.

O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá: Uma História de Amor

Quem mandou ao Gato Malhado apaixonar-se por uma Andorinha. É de facto um amor proibido entre estes dois animais, mas é extremamente encantador assistir ao desenvolvimento da história.

5. I Knew You Were Trouble - Escolhe uma personagem má mas que não pudeste evitar adorar.

O Nó do Amor

O Louis é o mauzinho desta história e gostei dele no sentido em que deu uma outra dinâmica ao enredo e à narrativa.

6. Innocent - Escolhe um livro que alguém estragou o final.

O Hipnotista (Joona Linna, #1)

Este livro foi estragado logo no início, por isso, não poderia estar à espera de um final muito surpreendente. 

7. Everything Has Change - Escolhe uma personagem que ao longo do livro passe por um processo de desenvolvimento de personalidade.

Romance de Cordélia (Finisterra)


Lili demora a aprender, porém quando atinge um desenvolvimento adequado da sua personalidade consegue coisas muito importantes. É interessante assistir ao desenvolvimento da personalidade desta personagem, 


8. You Belong With Me - Escolhe um livro que esperas ansiosamente o seu lançamento.

Neste momento não me lembro de nenhum.


9. Forever and Always - Escolhe o teu par literário preferido.

Para mim é muito difícil escolher um único casal. São tantos aqueles que gosto e que me proporcionam óptimos momentos de leitura. Porém vou escolher o eterno Roarke e Eve da série  Mortal de J. D. Robb. 

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Top M & S - Presentes Indesejados


Quando este post for publicado será dia de Natal. Como é óbvio ele ficará agendado, por nessa altura não estarei por aqui. 
Para este mês eu e a Marta decidimos eleger 5 presentes que não gostaríamos de receber no sapatinho (depois logo vos direi se algum deles vier para ao meu).

Nota: Não é um top muito fácil para mim, porque eu não sou assim tão difícil de agradar. Uma simples coisinha eu fico sempre contente, porque para mim é a intenção com que as pessoas oferecem. Se nos oferecem algo é porque se lembraram de nós.

Aqui fica a minha lista:

Bilhetes para o circo

Eu odeio circo e sei que é muito comum nesta altura do ano haverem espectáculos de circo por todos os lados. Pessoalmente, não aprecio e por isso era algo que não gostaria de receber.


CDs de música

Normalmente eu nunca consigo encontrar um CD de algum cantor ou grupo que reúna todas as músicas que gosto. Por isso é inútil as pessoas estarem a comprar um CD mesmo que seja de algum cantor/grupo que eu gosto.  

Utensílios Domésticos
Eu não tenho casa própria, por isso quando recebo algo dentro deste género sou "convidada" a guardar para o futuro. O problema é que quando esse futuro chegar tudo isto estará desactualizado. 

Mon Chérri
É dos pouco chocolates que não gosto. Bem, estes odeio mesmo, assim como todos os chocolates que contenham algum tipo de licor ou algo com base em bebidas alcoólicas.  


Garras com bebidas alcoólicas 

Eu não bebo bebidas alcoólicas. Nada de nada!!Por isso, para mim seria uma péssima prenda porque não teria qualquer tipo de utilidade.  

Palavras Memoráveis


Livro: Um refúgio para a vida
Nicholas Sparks

Se não estivermos dispostos a assumir um compromisso o amor não significa nada.

****

A experiência ensinou-me que, na vida de todos nós, há um momento indiscutível de mudança, um conjunto de circunstâncias que, subitamente, bem alterar tudo. 

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Mensagem de Natal


Este ano não me sinto com muito espírito natalício, porém não podia deixar de desejar um FELIZ NATAL a todos as pessoa que simpaticamente passam aqui para ler as minhas palavras. 

[Opinião] A Villa


A Villa



Autora:
Nora Roberts
Ano: 2009
Editora: Chá das Cinco
Número de páginas: 416 páginas
Classificação: 3 Estrelas
Sinopse: Aqui




Opinião

Já andava com algumas saudades de ler Nora Roberts. E neste período de vida em que me encontro, fazia-me mesmo falta uma leitura mais descontraída e que não exigisse tanto de mim.

Tal como previa, A Villa foi uma leitura agradável e cativante. Porém, em comparação com outros livros da autora não teve uma narrativa tão intensa. Passo a explicar, senti falta de uma análise mais profunda das problemáticas, algumas personagens mereciam um pouco mais de protagonismo e o final não devia ter sido tão apressado (parece que os finais apressados são do agrado da autora).

Um dos aspectos que mais gostei foi a mudança que a autora provocou nas personagens ao longo do livro. A introdução de alguns acontecimentos provocou mudanças boas e significativas em todas as personagens. Penso que esta mudança foi mais notória em Pilar. Relativamente à Sofia e ao Tyler a autora vai mostrando aos leitores algumas mudanças, contudo senti falta de mais cenas e momentos onde estas mudanças fossem assinaladas. 

Quem já leu outros livros da Nora Roberts sabe que ela gosta de "apimentar" as suas histórias com um pouco de mistério e este livro não foi excepção. Porém, considero que foi um mistério pouco intenso, não me despertou muita curiosidade. Penso que merecia outro tipo de exploração e profundidade. 

Em conclusão, posso dizer que foi uma boa leitura apesar de já ter lido da autora mais intensos e cativantes. 

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Top Ten Tuesday | 10 livros que gostaríamos que gostaríamos de receber do Pai Natal

O Natal está mesmo, mesmo aí à porta. Por isso, acho que o Pai Natal já não vem a tempo de ver esta minha lista e escolher um livrinho para me enviar. :)

Como já deu para perceber, o top ten desta semana pede-nos para indicar quais os livros que gostaríamos de receber este Natal. Aqui ficam a minha lista de desejos?

Os livros da Lesley Pearse que ainda não tenho

És o meu destino

Perdoa-me

A promessa 

A melodia do amor

Paullina Simons - The Summer Garden
Como até tive uma boa experiência com o inglês e como este livro não será publicado em Portugal a motivação para o ler é grande. 

The Summer Garden (The Bronze Horseman, #3)

Anna Casanovas - Ninguém como tu 
Ninguém Como Tu (Irmãos Martí, #1)

Sebastian Cole - Uma história de amor eterno

Uma História de Amor Eterno´

Carla Soares 

Alma Rebelde
Alma Rebelde

O Cavalheiro Inglês
O Cavalheiro Inglês