sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Opinião | "Se eu fosse tua" de Meredith Russo

 Se Eu Fosse Tua
Classificação: 2 Estrelas

Se eu fosse tua foi um livro que, quando saiu, não me despertou grande atenção nem espicaçou a minha curiosidade. Assim que ele me chegou aqui a casa pelas mãos da Denise, li a sinopse e achei que o tema era suficientemente forte para o livro me "encher as medidas". Infelizmente, ficou um bocadinho aquém da sua potencialidade.

Amanda é uma jovem que vivia num corpo que estava longe de corresponder aos seus sentimentos mais profundos. Munida de toda a sua coragem embarca numa mudança de sexo. Deixa de ser o Andrew e passa a ser a Amanda.
Dada toda a complexidade que este processo acarreta eu senti falta de alguma profundidade psicológica. Na minha opinião, a autora não "mexeu na ferida" de forma profunda e esgotante de modo a fazer-me sentir todos os medos, ansiedade, insegurança, sofrimento que trespassou cada um dos dias desta jovem e dos seus pais. 
Dada a força e a inovação da temática, o livro merecia ter ido mais longe. Eu precisava de entrar bem mais a fundo no mundo interior da Amanda para sentir como ela, para a acompanhar neste processo de transformação exterior, interior e de relação com o próximo. 
Apesar de saber de períodos de grande sofrimento para a Amanda, esse sofrimento não chegou até mim. Penso que não consegue sair daquelas páginas e desprender-se das palavras que são usadas para nos narrar os acontecimentos.

Em relação a todos os acontecimento que contribuem para a construção da narrativa, penso que também carecem de algumas novidades e desenvolvimentos que saíssem do padrão normal que é utilizado na construção destes livros. 
A dada altura já estava aborrecida com a quantidade de vezes que a palavras "linda" aparecia. Irritou-me esta pobreza de vocabulário para caracterizar uma personagem. Eu consigo perceber a importância do aspeto físico para a Amanda, mas será que não a conseguíamos de definir recorrendo a outros aspetos? Ela era muito mais que invólucro físico que a dava a conhecer ao mundo. 

Apesar desta minha visão mais descontente com este livro, quero destacar a importância de personagens como a Amanda. É de valorizar este aspeto inovador e que, até ao momento, eu nunca tinha lido nenhum livro que se dedicasse a abordar as questões de transgénero e toda a descriminação que, infelizmente, ainda existe relativamente a estes assuntos.
Por esta razão, este seria um excelente livro para discutir as relações interpessoais, a descriminação, o bullying e a importância de aceitarmos e sabermos lidar com as diferenças.

4 comentários:

  1. Concordo com alguns aspetos da tua opinião; há partes que deviam estar mais desenvolvidas. Contudo, temos de ter em conta que é um livro para um público mais jovem e, para essa faixa etária, penso que cumpre bem o seu papel de transmitir a importância da aceitação do outro. Nós é que já somos mais exigentes com as leituras que fazemos. :)

    Vamos ver se na próxima te envio um livro que te cative mais.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo sabendo que o público-alvo são os jovens, acho que há coisas que necessitavam de outra exploração. Concordo, cumpre o papel de transmitir a aceitação do outro, mas falta ali qualquer coisa.
      E isso também é bem verdade. Agora nem qualquer livro nos satisfaz.

      Não é que este não me tenha cativado, até o li rápido. Apenas foi uma leitura satisfatória, e eu gosto de coisas mais empolgantes.
      Vamos ver o que vem.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Olá Silvana,
    Confesso que o livro "não me chama" e agora, depois de ler a tua opinião, ainda menos.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,
      Conhecendo um pouco os teus gostos, neste caso, posso afirmar com algumas certezas que não seria um livro que te enchesse as medidas.
      Se há livros que não gosto e que fico na dúvida de poderás gostar, há outros que tenho a certeza que não se encaixam nos teus gostos literários. Este é daqueles casos em que tenho alguma certeza ;)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!